A Higiene Oral também é uma grande arma contra a Covid 19

236 0
Marta Lemos Costa Bittar é Mestre em Promoção de Saúde e Pós- graduada em Odontopediatria (odontologia para gestantes e bebês), Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares, Estética Dental, Clareamento Dental, Homeopatia e Florais de Bach. Capacitação no uso da toxina botulínica e preenchimento orofacial estético funcional. Invisaling doctor.

Manter uma boa higiene bucal é uma importante forma de prevenção de doenças nesta pandemia, porque uma das portas principais de entrada do vírus é a boca.

É de extrema importância para a nossa saúde bucal a lavagem correta das mãos, pois é através das mãos que escovamos os dentes, passamos fio dental, limpamos a língua.

Uma das formas de contágio do novo coronavírus se dá pela disseminação de gotículas de saliva, por isso, se alguém na casa estiver com sintomas ou suspeita da infecção, o uso de pasta de dente, sabonete e toalha de rosto precisa ser individualizado. Nesse sentido, também se indica não deixar as escovas no mesmo ambiente.

A saliva abriga inúmeras bactérias, o que faz com que a boca seja um ambiente favorável para a proliferação e crescimento de outros microrganismos, como o coronavírus. Além disso, a falta de higiene e má saúde bucal pode fazer com que a imunidade fique baixa, aumentando os riscos de infecções e lesões em boca.

Muitas medidas específicas para a higiene bucal, durante esse período do novo coronavírus, devem ser levadas para o resto da vida, já que a qualquer momento as pessoas podem ser infectadas por algum outro vírus.

Exemplo:
• A troca de escova dental deve ser feita sempre, como uma medida preventiva e importante, afinal as bactérias, os fungos, germes e vírus que causam a doença podem se alojar na escova, ocasionando uma reinfecção.

• Outro fator a ser lembrado para evitar que o vírus se propague: importante evitar que a escova do doente não encoste em outras quando guardada.

• Para preservar sua escova é preciso cuidar muito bem das cerdas, lavando os tufos após a higiene bucal, escovando com suavidade e guardando em local seco e arejado, sempre na vertical em um porta escovas aberto, para garantir sua eficiência até a próxima troca.

• Mais um alerta é para o uso compartilhado da escova de dente. Nunca use a escova de outra pessoa, por mais íntima que seja de você. Chamo atenção para as crianças que acabam trocando as escovas com os amiguinhos ou querem usar a de seus pais.

• Uma forma correta de cuidar das escovas dentais e outros higienizadores dentais e de língua, como também para quem faz uso de prótese e aparelhos removíveis, aparelhos alinhadores estéticos é mantendo-os imersos em solução desinfetante, à base de água e enxaguante bucal, ou vinagre e bicarbonato por 5 minutos. Para os alinhadores invisíveis nunca usar antissépticos com corantes.