Alimentação Plant Based, já ouviu falar?

279 0
Chef de cozinha formada em Gastronomia na Escola de Artes Culinárias Mausi Sebess (Buenos Aires, Argentina) e atualmente é estudante de nutrição na Unifran. Especializada em cozinha plant-based, trabalhou em diversos restaurantes e atua na área há 7 anos. Hoje leva adiante sua marca de produtos plant-based – Produtos da Winnie -.

Winnie Vilas Boas Hilário é chef de cozinha e apaixonada por alimentação saudável. Nasceu em Franca e se mudou para Buenos Aires, Argentina, aos 5 anos de idade, onde cresceu e estudou Gastronomia na Escola de Artes Culinárias Mausi Sebess. Voltou a Franca em 2015, e desde então atua na área da alimentação Vegetariana e Plant-Based. Criou sua marca – Produtos da Winnie – totalmente plant-based e livre de derivados animais. Atualmente estuda Nutrição na Unifran. Vegetariana desde 2007, se interessou pela cozinha por uma necessidade que terminou se transformando em profissão e paixão pelo que faz. Ao longo dos anos se especializou no que realmente gosta de fazer: ALIMENTAÇÃO PLANT BASED, JÁ OUVIU FALAR?

Primeiramente vamos esclarecer a diferença entre os termos Vegetariano e Vegano:

O Veganismo é um estilo de vida em ascensão que vai muito além de não comer carne — segundo definição da Vegan Society, é um modo de viver (ou poderíamos chamar apenas de “escolha”) que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra os animais – seja na alimentação, no vestuário ou em outras esferas do consumo. A alimentação de um Vegano é chamada de Vegetarianismo Estrito.

Os principais tipos de vegetarianismo são:

-Ovolactovegetarianismo: utiliza ovos, leite e laticínios na sua alimentação.

-Lactovegetarianismo: utiliza leite e laticínios na sua alimentação.

-Ovovegetarianismo: utiliza ovos na sua alimentação.

-Vegetarianismo estrito: não utiliza nenhum produto de origem animal na sua alimentação.

Quando falamos de Plant Based, nos referimos à uma alimentação que incentiva o consumo de alimentos de origem vegetal na sua forma mais íntegra, isenta de alimentos de origem animal como carnes, produtos lácteos, ovos, além de desencorajar o consumo de alimentos refinados e processados.

Este tipo de alimentação muitas vezes é relacionado ao veganismo, porém esse é um assunto muito mais complexo. A alimentação Plant based é simples e requer a aproximação daquilo que a natureza nos oferta, em sua riqueza e diversidade.

Um prato colorido e equilibrado, onde caiba grãos, frutas, verduras, legumes, castanhas, sementes…é simples, barato e nutritivo. Você já parou pra pensar como era a alimentação dos nossos avós? Não existiam os industrializados, comida em saquinhos e produtos semi-prontos. A carne era consumida moderadamente, muitas vezes uma vez por semana apenas, sem contar a atividade física que fazia parte da rotina, e hoje somos cada vez mais sedentários. Voltar às origens, consumir em maior quantidade o que a terra nos proporciona! Isso é o que a Alimentação Plant-Based preconiza.

É preciso encarar o assunto alimentação como algo essencial à saúde vital do corpo e não somente como uma forma de nos dar energia para tarefas, facilitar nossa vida cotidiana ou ter o corpo que almejamos. É necessário saber ouvir o que o corpo nos fala e quando o nutrimos por completo, ele nos agradece.