Aparelho Auditivo faz barulho?

327 0

É comum pacientes ao receber indicação do uso de aparelhos auditivos retrucarem: Ah, eu não vou acostumar! Dizem que faz muito barulho!!!

Porque um aparelho auditivo, que tem como propósito ajudar o paciente com perda auditiva produziria barulho? Claro que essa informação não está correta. Há 20 anos trabalhando com adaptação de aparelhos auditivos, posso afirmar categoricamente: O aparelho não produz barulho algum! Mas entendo de onde vem essa queixa. E vou explicar!

Uma pessoa que perde, gradualmente, a audição perde também a memória auditiva da intensidade sonora dos sons que a cercam, por exemplo: uma moto que passa acelerando na rua tem uma intensidade que incomoda a todos, inclusive pode incomodar (um pouco menos) até a quem perdeu parte da audição. Se o portador da perda auditiva permanecer por muito tempo sem ouvir tal som em sua totalidade, ele se desacostuma, e quando exposto novamente, pelo aparelho, esperado que estranhe o som. Além disso, o som que o aparelho amplifica tem uma característica um pouco diferente por ser um som artificial.

Outro ponto relevante é a tecnologia de suavização do circuito. Cada aparelho possui uma tecnologia e este atua de forma diferente na presença de sons. Quanto maior a tecnologia, melhor a qualidade sonora, inclusive no que se refere a atenuação de ruídos.

Vale ressaltar que houve uma evolução tecnológica nos últimos anos o que afetou positivamente a adaptação dos aparelhos auditivos. A microfonia, que é aquele apito tão desagradável produzido pelos aparelhos, representa algo inadequado, por exemplo, escape sonoro, cera na orelha ou até mesmo defeito no aparelho auditivo. Não é esperado que um aparelho auditivo apite durante o uso dos mesmos, a não ser que esteja mau colocado ou com alguns dos defeitos anteriormente citados.

Resolvi abordar esse tema, pois, percebo que há um temor dos pacientes em iniciar o processo de adaptação aos aparelhos auditivos – baseados muitas vezes em situações ou não adaptações próprias ou até mesmo por relato de parentes e amigos. Como citei, a tecnologia mudou…e para melhor! Hoje, certamente, é possível adaptar-se aos aparelhos sem transtornos. Permita-se essa experiência, você irá se surpreender positivamente!