Dicas para obter um sorriso perfeito

241 0
Marta Lemos Costa Bittar é Mestre em Promoção de Saúde e Pós-graduada em Odontopediatria (odontologia para gestantes e bebês), Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares, Estética Dental, Clareamento Dental, Homeopatia e Florais de Bach. Capacitação no uso da toxina botulínica e preenchimento orofacial estético funcional, INVISALIGN® DOCTOR.

Tecnicamente é possível avaliar características que tornam um sorriso agradável e com boa aparência.

O sorriso deve ter pelo menos metade da largura da face; os lados direito e esquerdo dos lábios devem ser simétricos. Os incisivos superiores (dentes anteriores) têm que ser o traço mais marcante do sorriso; os dois dentes centrais devem estar mais para baixo, formando a curva do sorriso; os dentes inferiores não podem aparecer muito e a gengiva deve ter uma coloração rosa pálido e não aparecer muito.

Muitas pessoas têm vergonha de sorrir, não gostam da aparência, formato dos dentes, posição dos dentes, chegando até a evitar o convívio social.

Existem algumas características que chamam atenção das pessoas ao sorrir como:
Cor:
O gosto por um sorriso mais branco é uma característica que muitas pessoas buscam através do clareamento dental, lente de contato dental e reabilitações estéticas.

É claro que, as vezes, existe até um certo exagero na escolha da cor dos dentes, muito branco, para um tratamento estético, parecendo até antinatural. A escolha da cor ideal deve ser a que te agrada, respeitando a naturalidade do sorriso.

Formato dos dentes:
O formato dos dentes pode ser: arredondados, quadrados, alongados, ovalados e triangulares. O ideal para um belo sorriso é atingir a proporcionalidade de largura e altura entre os dentes anteriores.

Linha do sorriso:
Existem 03 tipos de linhas de sorriso que é delimitada pelo posicionamento do lábio superior: (Observem a foto)

· Linha alta do sorriso: resulta em um sorriso gengival com um aspecto estético ruim. Existe tratamento para minimizar a exposição excessiva de gengiva.
· Linha média do sorriso: é considerada ideal, porque apresenta a exposição correta de gengiva e dentes.
· Linha baixa do sorriso: não é uma condição ideal, porque a exposição dos dentes é menor. Há tratamento para este problema.

Plano Oclusal: Curva do sorriso
No sorriso perfeito o plano oclusal, ou seja, plano da mordida (área de contato entre os dentes superiores e inferiores) deve seguir paralelamente ao lábio inferior e a borda dos incisivos centrais deve tocar levemente o lábio (foto B).

Quando o plano oclusal é reto (foto A) em relação ao lábio inferior, a borda dos incisivos fica aquém do lábio. Outro caso é quando a borda do incisivo fica muito aquém do lábio inferior (foto C), neste caso o plano oclusal fica convexo (arqueado) e compromete a estética do sorriso.

Posição e alinhamento dos dentes:
Dentes tortos, problemas de mordida, diademas (grandes espaços entre os dentes) e más oclusões (problemas de mordida), afetam muito o sorriso; e muitas vezes as pessoas deixam de dar boas gargalhadas por terem seus dentes com aparência indesejada.

Hoje em dia, a odontologia lança mão de técnicas bem assertivas e estéticas para resolver esses problemas.

Procure um profissional da área para obter o sorriso que sempre sonhou!