Gilson de Souza faz balanço dos 10 primeiros meses de governo

1403 0

Numa conversa franca com a reportagem da Revista Qualitá, aproveitando uma brecha na sua concorrida agenda, o prefeito Gilson de Souza contou como está sendo administrar uma cidade que já tem 400 mil habitantes. Sem hesitar, tratou de tudo um pouco: moradias, assistência social, transporte, saúde, esportes e do desafio de atender os anseios de uma população fazendo o máximo com um orçamento diminuto. O prefeito garantiu que empenho não está faltando e destacou o trabalho de equipe, pois como tem repetido 'ninguém faz nada sozinho' e conta com os auxiliares diretos e cerca de 5 mil colaboradores que são os dedicados servidores. Gilson não esqueceu de mencionar o desejo de transformar em realidade o sonho do Hospital Municipal, de investir na formação da juventude, cultivar boas relações com autoridades locais, legislativo, do Estado e da União, buscando garantir o suporte financeiro para os investimentos em obras que sozinha a Prefeitura não tem condições de realizar. Acha que o bem maior da população deve prevalecer sobre eventuais diferenças políticas.

Confira os principais trechos dessa conversa com o prefeito de Franca, 10 meses à frente da administração da cidade:

Qualitá) Franca, 193 anos, o que o sr. apontaria de mais importante nestes 10 meses de gestão?
Gilson de Souza – Vi semanas atrás uma divulgação da Policia Militar, sobre a redução dos acidentes e número de mortes na cidade, por conta das melhorias no trânsito. Isso atesta que estamos no caminho certo, melhorando o sistema viário, mas não é só, avançamos na Saúde, reabrindo o Ambulatório de Saúde Mental, colocando médicos na Casa do Diabético, reduzindo a espera por consultas na rede, tínhamos mais de 11,5 mil pessoas aguardando, firmamos parceria com a Santa Casa e estamos ofertando consultas ginecológicas, cirurgias eletivas e oftalmológicas. Temos consciência dos nossos desafios e com a ajuda de todos estamos trabalhando para superá-los. E o mais importante, fechando nosso primeiro ano com as finanças equilibradas.

sistema viário, mas não é só, avançamos na Saúde, reabrindo o Ambulatório de Saúde Mental, colocando médicos na Casa do Diabético, reduzindo a espera por consultas na rede, tínhamos mais de 11,5 mil pessoas aguardando, firmamos parceria com a Santa Casa e estamos ofertando consultas ginecológicas, cirurgias eletivas e oftalmológicas. Temos consciência dos nossos desafios e com a ajuda de todos estamos trabalhando para superá-los. E o mais importante, fechando nosso primeiro ano com as finanças equilibradas.

Q) Financeiramente como encontrou e como está a Prefeitura neste final de ano?
GS – Se comparado a outras realidades no País, não temos o que reclamar, mas é sabido que nossas receitas são aquém das despesas e por isso temos atuado com muito rigor e controle nos gastos. Hoje temos uma Prefeitura enxuta, com suas contas em dia e se reorganizando para, com orçamento próprio, investir mais no ano que vem.

Q) Em termos de investimentos quais as suas prioridades?
GS – Temos em nossas prioridades a construção de Hospital Municipal, o fortalecimento das parcerias para construções de casas populares, com cerca de 2 mil moradias em fase de aprovação até o final deste ano, a busca permanente de recursos no Estado e União, pois existem necessidades urgentes como obras viárias que nosso orçamento próprio não comporta. Precisamos e estamos buscando ajudas externas sempre.

Leave a comment