Hospital do Câncer de Franca / Unidade Oncológica

131 0

O Hospital do Câncer de Franca, Unidade Oncológica, faz parte do Grupo Santa Casa.  Há aproximadamente 20 anos vem atendendo a comunidade francana e toda a região, prestando atendimentos a outras 20 cidades em seu entorno. Tem como objetivo prestar um atendimento de qualidade, valorizando o paciente, considerando suas opiniões, tratando-os com dignidade e respeito. Conta com uma equipe formada por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que cuidam da integralidade e do cuidado do paciente, promovendo a união entre a qualidade técnica do tratamento e do relacionamento desenvolvido entre o paciente, a família e a equipe.

A Unidade Oncológica de Franca também atende pacientes infanto-juvenil. No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) são registrados 12 mil novos casos de câncer infantil ao ano. O câncer infantil possui características próprias e bem diferentes em relação ao câncer em adultos. Os diagnósticos mais frequentes na unidade oncológica de Franca são: leucemias: LLA e LMA, meduloblastoma, neuroblastoma, linfomas e sarcomas de Ewing, Wilms. Entretanto, as crianças diagnosticadas com câncer e seus familiares têm necessidades especiais. O tratamento do câncer infantil envolve uma equipe multidisciplinar incluindo, oncologistas pediátricos, cirurgiões pediátricos, médico radioterapeuta, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, nutricionistas e fisioterapeutas.

No Hospital do Câncer de Franca o paciente infantil recebe atendimento ambulatorial e, buscando proporcionar um ambiente mais acolhedor, na sala de infusão de quimioterapia infantil são oferecidos: videogames, óculos com realidade virtual, aparelhos de TV, filmes, jogos, internet e, caso seja necessária internação, na pediatria da Santa Casa de Franca são disponibilizados quartos personalizados oportunizados pela parceria Santa Casa/Instituto Ronald Mac Donald. Essa parceria se renova a cada ano, buscando diminuir o índice de mortalidade de crianças e adolescentes em decorrência do câncer, que é a primeira causa de morte por doença na faixa etária de 5 a 19 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA). A principal arma contra o câncer é o Diagnóstico Precoce. É necessário e imprescindível se atentar aos sintomas para que se possam realizar exames adequados e identificar, o quanto antes, a possibilidade da existência de algum tipo de câncer. Quando a doença é diagnosticada ainda no estágio inicial as chances de cura podem chegar a 80%. Por isso, consultas frequentes ao pediatra são fundamentais.

Enfermeira Patrícia Stefani de Souza / Supervisora do Hospital do Câncer de Franca.