Operação Especial de Fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo em Franca/SP

376 0

Na semana passada, aconteceu na região de Franca, Barretos e Ribeirão Preto a operação especial de fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo Crea-SP a “Blitz”, que contou com a presença de 32 agentes fiscais, que percorreram diversos locais dessas jurisdições. Nesta a preocupação com o meio ambiente é a pedra fundamental da ação em prática sobre o direcionamento do processo produtivo para a gestão responsável dos recursos, e não apenas para a geração de riqueza e consumo nas áreas de engenharia e agronomia. Assim foi contemplada a fiscalização em empreendimentos industriais, de agronegócios, concessionárias de serviços públicos, prefeituras municipais, autarquias das áreas de engenharia e construções de grande porte. O trabalho teve como objetivo a verificação dos serviços realizados ou contratados por essas empresas nas áreas sob fiscalização do Crea-SP, resguardando assim toda a sociedade.

O Crea-SP, por sua vez, fiscalizou os serviços técnicos realizados por profissionais e empresas que têm a capacidade de influenciar o comportamento responsável do consumidor considerando aqui não apenas o cliente final, mas também o consumidor corporativo de bens e serviços oferecidos pelos profissionais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo, afirmando a regularidade das ações de empresas das iniciativas privada e pública, dos profissionais das áreas sob sua fiscalização e demais empreendimentos que por força de lei estão sob sua tutela. O conjunto dessas ações buscou atender aos interesses da sociedade em geral que envolve a prestação de serviços realizados por profissionais legalmente habilitados e hoje tem o olhar preocupado com perda da biodiversidade, indicando que devem trabalhar no sentido de identificar seus impactos negativos e como neutralizá-los, gerenciando assim riscos e mapeando oportunidades sustentáveis e econômicas.

Durante os 5 dias de operação foram realizadas visitas com a anotação das atividades de engenharia e agronomia, relatando, orientando e notificando os casos em que verificou-se irregularidades, alimentando assim o banco de dados existente sobre o crescimento das atividades desses setores e a legalidade dos trabalhos desenvolvidos dentro deles. Esses dados serão processados, e apresentados ao Congresso Municipal direcionado a profissionais das engenharias e Agronomia que será realizado no mês de Agosto de 2018.

setores e a legalidade dos trabalhos desenvolvidos dentro deles. Esses dados serão processados, e apresentados ao Congresso Municipal direcionado a profissionais das engenharias e Agronomia que será realizado no mês de Agosto de 2018.

Dados preliminares segundo o Crea-SP, datam que foram realizadas nesse período aproximadamente cerca de 200 diligências, na qual foram apurados parcialmente cerca de 1000 empresas e profissionais. Esses que terão seus dados cadastrais consultados, para verificação de sua regularidade frente ao conselho, e/ou posteriormente abertura de procedimentos para sua regularização.

Dentre as recomendações do Presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo o Sr. Engenheiro de Telecomunicações Vinícius Marchese Marinelli (Foto) que esteve na Aerf – Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Região de Franca na última segunda-feira, foi destacada a pertinência de se promover ações fiscalizatórias com um olhar sustentável mediante criação de força tarefa em regiões com elevada demanda de atividades sujeitas à fiscalização, como Franca/SP que vê um crescimento expressivo nos setores da construção civil e agronomia. Estiveram presentes no evento de lançamento várias autoridades e empresários locais.